Bruno Borges reaparece em evento do PSL e diz que tem "pretensões políticas"

Bruno Borges reaparece em evento do PSL e diz que tem "pretensões políticas"

Bruno Borges, o ex-menino do Acre, reapareceu. E foi no evento de filiação do PSL nesta segunda-feira (14) na Livraria Paim, em Rio Branco. Bruno compareceu ao ato para prestigiar o ingresso do seu primo, o suplente de senador, Eduardo Velloso no Partido Social Liberal. Outras 14 pessoas decidiram também se filiar a sigla.

Bruno Borges ficou famoso a partir de 2017 quando desapareceu por cinco meses, entre março e agosto daquele ano. Mas a fama não foi resultado do sumiço em si. É que Bruno deixou 14 livros escritos à mão e criptografados com fragmentos copiados na parede e teto de seu quarto em Rio Branco, além de uma estátua do filósofo italiano Giordano Bruno, a quem ele admira até hoje. A história do estranho desaparecimento foi destaque na imprensa nacional e até internacional.

Atualmente, Bruno é dono de uma conveniência em um posto de combustíveis ao lado do restaurante Pão de Queijo, cuja proprietária é sua mãe, a empresária Denise Borges.

Antes de posar para a foto, Bruno disse ao Notícias da Hora que tem "pretensões políticas", embora não para as eleições 2022, e acrescentou que está trabalhando um projeto de lançamento de um curso criado por ele.