Encontro do PP teve lavagem de roupa suja, porrada na mesa e quase tapa na cara

Encontro do PP teve lavagem de roupa suja, porrada na mesa e quase tapa na cara

O encontro a portas fechadas do PP no hotel Terra Verde neste sábado (11), que reuniu o governador Gladson Cameli, 36 vereadores, os cinco prefeitos da sigla, incluindo Tião Bocalom (Rio Branco) e Zequinha Lima (Cruzeiro do Sul), três deputados estaduais e a senadora Mailza Gomes, foi de alta tensão e serviu como uma tentativa de lavagem de roupa suja.

O alvo principal foi a articulação política do governo, que hoje atende pelo nome de Secretaria Extraordinária de Assuntos Governamentais. Os vereadores foram unânimes: reclamaram no atacado que há assessores do governo que mais atrapalham do que ajudam. Os parlamentares protestaram que, apesar de estarem filiados no partido do governador, estão abandonados, sem qualquer prestígio em suas cidades.

Descontente e irritado, Cameli deu três murros na mesa, falou alto, desabafou. O chefe do Palácio Rio Branco falou das dificuldades de conduzir o Executivo, salientou as diferenças com o Legislativo e também cobrou sua equipe, mas ponderou que prefeitos e parlamentares governistas também devem ser cobrados, pois, além de possuírem estrutura própria, têm seus espaços no governo. Cameli saiu antes do encerramento do encontro.

O secretário adjunto da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Ítalo Medeiros, e o deputado estadual Gehlen Diniz discutiram asperamente e por pouco não foram aos tapas.

Nicolau Júnior ficou pouco tempo na reunião. Deve ter sentido que a temperatura não seria amena.

Ao final, depois da sessão de espancamento, o secretário Alysson Bestene, com seu tom conciliador e peculiar paciência, admitiu falhas, prometeu corrigi-las, mas também ponderou que várias das demandas reclamadas haviam sido resolvidas.

Ainda deu tempo de o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, declarar seu incondicional apoio a Mailza para o Senado e reafirmar que vai caminhar com o senador Sérgio Petecão (PSD) para o governo do Acre.