No café dos “Línguas de Trapo”, Gladson convida e Dudé aceita organizar a Expoacre 2022

No café dos “Línguas de Trapo”, Gladson convida e Dudé aceita organizar a Expoacre 2022

A Expoacre 2022 será organizada por um velho conhecido do setor de eventos estatais: José Fernandes Lima, mais conhecido como Dudé Lima, o cara que coordenou a mais importante feira de negócios do Acre nos governos petistas de Jorge, Tião e Binho.

O convite a Dudé foi feito pelo governador Gladson Cameli numa rodada de café da manhã dos “Línguas de Trapo”, tradicional grupo de amigos que se reúne nos fins de semana no Mercado Elias Mansour para papear sobre as fofocas do momento, sobretudo na política local. Conversa vai, conversa vem, Cameli pergunta: “Você quer organizar a Expoacre do ano que vem?”. A reação foi de surpresa de alguns. Em seguida, Cameli emendou: “O meu governo é um governo de todos. É inclusivo, não é ideológico”.

Dudé não pensou duas vezes. Aceitou o convite e elogiou Cameli pelo entendimento de que o Estado é diverso e não pode seguir bandeira ideológica ou partidária.
Ao Notícias da Hora, Dudé lembrou que é servidor público federal do Ministério da Agricultura, órgão localizado ao lado da área onde é realizado o evento. Ele rememorou que antes de integrar os governos do PT já trabalhava no Mapa e que ajudar a organizar a feira será inevitavelmente um ofício dele.

WhatsApp_Image_2021-12-11_at_10.53.38.jpeg