Autoconhecimento: O Tabu e o prazer feminino

Autoconhecimento: O Tabu e o prazer feminino

Desde os primórdios da civilização humana, a mulher exerceu um papel de cuidadora de filhos e lar, enquanto os homens eram os responsáveis pela manutenção dos alimentos e da proteção da “família”. Passados séculos, após séculos, podemos dizer que este quadro passou por importantes transformações e segue em franca evolução.

A mulher moderna também é provedora do sustento familiar, em alguns casos, recai sobre ela, toda a responsabilidade financeira da família. Dupla jornada de trabalho, menstruações, gestações, machismos estruturais, são algumas das dificuldades enfrentadas por nós mulheres, no mercado de trabalho e porque não dizer, na vida.

É neste cenário em que a descoberta do prazer feminino pode se tornar uma válvula de escape capaz de aliviar os pesos das responsabilidades atribuídas a nós mulheres. Apesar de todo o processo de independência feminina, Infelizmente, ainda é notório que em pleno século XXI muitas de nós não tenhamos conhecimento sobre nosso próprio corpo, tenhamos bloqueios que impedem o bom desenvolvimento da libido feminina.

Exercemos hoje, papéis de destaque e protagonismo em nossa sociedade, e porque então não sermos senhoras de nós mesmas em busca pela satisfação sexual? Porque a busca pelo prazer feminino ainda precisa ser uma questão de tabu? Porque devo esperar que o outro me proporcione prazer, sem que ao menos eu entenda como o prazer se manifesta em meu próprio corpo?

Um levantamento realizado pelo Departamento de Transtornos Sexuais Dolorosos Femininos da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que 55% das brasileiras não têm orgasmos durante o sexo. Já em outra pesquisa realizada também pela Universidade de São Paulo (USP) e liderada pela psiquiatra e sexóloga Carmita Abdo, aponta que 40% das mulheres não se masturbam. Isso mesmo, quase metade.

Fica o questionamento, porque as mulheres não se tocam? Eu particularmente acho incrível ver mulheres falando sobre sua sexualidade abertamente, ainda mais quando é para ajudar outras mulheres a explorar a própria sexualidade também. Para ajudar neste processo apresento para vocês o Saindo da rotina sexy shop, uma loja física e virtual que dispõe de catálogo on-line, com o objetivo de te ajudar nesse processo de busca pelo prazer, digo e repito, não tem nada de errado em se descobrir e gostar de si mesma, experimente!

Siga no Instagram: @saindodarotinasexyshop

WhatsApp_Image_2022-01-15_at_12.58.24.jpeg