Aplicativo desenvolvido pela Seict monitora volume de negócios feitos durante a Expoacre 2022

Aplicativo desenvolvido pela Seict monitora volume de negócios feitos durante a Expoacre 2022

O aplicativo ExpoNegócio, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), está sendo utilizado pelos colaboradores do Departamento de Estudos, Pesquisas e Indicadores (Deepi) da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e do Sebrae, que aplicam a pesquisa sobre o volume de negócios feitos durante a Expoacre 2022.

Durante a pesquisa, que ocorrerá durante os nove dias de feira, serão coletados dados sobre linhas de crédito do Banco da Amazônia, Caixa Econômica e Banco do Brasil, para o financiamento de investimentos agropecuários e aquisição de veículos, caminhões, utilitários e implementos. A pesquisa também inclui dados de leilões de animais, vendas de veículos, alimentação e bares, comércio e serviços, indústria, produtos agropecuários e ambulantes.

Além do aplicativo que coleta os dados sobre o volume das vendas, a equipe de pesquisadores também aplica questionários para reunir informações complementares dos setores de veículos, máquinas e implementos, bancos e leilões.

WhatsApp_Image_2022-08-02_at_20.27.09.jpeg

De acordo com o chefe do Deepi, Marky Brito, recolher esses dados faz parte do planejamento estratégico do Estado. “A Expoacre é a maior feira de negócios e de divulgação dos produtos do Acre. Por isso, é estratégico para o Estado mensurar sua movimentação financeira durante os nove dias de funcionamento”, avalia.

As informações coletadas pelo aplicativo e questionários serão inseridas em planilhas para devida análise e os resultados serão utilizados para a elaboração do Relatório de Volume de Negócios da 47ª Expoacre, que será apresentado pelo governador do Estado em coletiva de imprensa na próxima semana.

A expectativa da organização é que a edição de 2022 da maior feira de negócios do Acre tenha um rendimento de cerca de R$ 100 milhões.