Fundação Garibaldi Brasil aprova patrocínio do evento “Papai Noel Gay” em Rio Branco

Fundação Garibaldi Brasil aprova patrocínio do evento “Papai Noel Gay” em Rio Branco

A Prefeitura de Rio Branco, através da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil (FGB), aprovou o projeto musical “Papai Noel Gay”, apresentado por Anderson Cassidy de Alves Montenegro. O resultado foi assinado embaixo pelo presidente da FGB, Pedro Henrique Lima, sobrinho da vice-prefeita Marfiza Galvão.

Segundo consta no Diário Oficial do Acre, edição de sexta-feira, dia 26 de novembro, Pedro Henrique homologou os projetos aprovados pela Análise Técnica, na área de Música, conforme prevê o Edital n.º 01 do Fundo Municipal de Cultura, instituído no âmbito do Sistema Municipal de Cultura.

Pedro Henrique homologou, dessa forma, o possível financiamento do evento, o que poderá custar R$ 15 mil aos cofres públicos, e terá o objetivo de integrar combate à homofobia e a música, como forma de melhorar o respeito e a garantia dos direitos do público LGBTQI+.

Após o assunto ganhar repercussão nas redes sociais, a Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), ligada ao Governo do Acre, emitiu nota pública informando que o referido projeto do Papai Noel Gay não foi aprovado pelo órgão, mas pela FGB, comandada pelo sobrinho da vice-prefeita de Rio Branco.

A reportagem tentou contato com o diretor de Cultura da Fundação Garibaldi Brasil, Janildo Reis, que também é músico, mas este não retornou às chamados do site, nem respondeu aos questionamentos feitos por meio de aplicativo de mensagem instantânea.

WhatsApp_Image_2021-12-01_at_10.35.12.jpeg