Em Rio Branco, Polícia Civil recupera e restitui vários aparelhos celulares a vítimas de roubo

Em Rio Branco, Polícia Civil recupera e restitui vários aparelhos celulares a vítimas de roubo

Nos últimos 03 meses a Polícia Civil, através da 3ª Delegacia Regional, localizada na parte alta da cidade, restitui cerca de 10 aparelhos celulares para as vítimas que tiveram seu telefone subtraído.

A equipe de Policiais Civis coordenada pelo Dr. Emylson Farias, Delegado de Polícia Civil, obteve êxito em localizar os aparelhos celulares e restitui-los aos seus legítimos proprietários.

O Delegado Emylson Farias lembra que aquele que adquiri produto sem nota fiscal ou de procedência duvidosa pode responder pelo crime de receptação cuja pena varia de 01 a 04 anos de prisão. Caso o indivíduo exerça atividade comercial, ou seja, trabalha com aparelhos celulares, a pena é ainda mais grave, variando entre 03 a 08 oitos de prisão.

“É importante lembrar que aquele que trabalha com lojas de aparelhos celulares e comercializa esses produtos sem nota fiscal ou de origem duvidosa, irá responder pelo crime de receptação qualificada”, concluiu Emylson Farias.