“Falso médico” preso no Acre não tem vínculo com Clínica Lúcio Brasil, informa nota

“Falso médico” preso no Acre não tem vínculo com Clínica Lúcio Brasil, informa nota

Mizael Ribeiro Saboia, o médico sem CRM preso realizando uma cirurgia ontem na Clínica Lúcio Brasil, em Rio Branco, “não tem qualquer vínculo empregatício, nem societário com o Laboratório, ou o consultório do Dr. Lúcio Brasil, ou " Clínica Lúcio Brasil", como vem sendo veiculado, cujo nome é Oral Orto Clin e presta serviços Odontologia”. É o que diz uma nota de esclarecimento do Dr. Lúcio Brasil publicada nas redes sociais nesta sexta-feira (14).

“Eu, Dr. Lúcio Brasil sou o inquilino mais antigo do espaço, tendo meu nome vinculado erroneamente como proprietário do espaço, porém o espaço é parte de um conglomerado de galerias naquela região e o proprietário, bem como eu, Dr. Lúcio não temos obrigação de fiscalizar os demais profissionais que atuam no espaço”, acrescenta a nota.

Mizael Sabóia já respondeu processo na 2ª Vara Criminal de Rio Branco após denúncia de exercício ilegal da medicina no ano de 2016, formalizada pelo CRM.

Desde aquela época, ele já se apresentava como cirurgião plástico e teria provocado lesões corporais de natureza gravíssima em pacientes. Porém, o acusado foi beneficiado pela suspensão condicional do processo em maio de 2019, estando ainda em cumprimento das medidas alternativas estabelecidas pelo Judiciário acreano.

Em abril de 2020, após nova denuncia, inclusive com laudo comprovando lesões provocadas por procedimentos cirúrgico inadequados praticado pelo falso médico, o CRM denunciou o caso à Polícia Civil, sendo que em julho do mesmo ano formalizou denúncia ao Ministério Público do Estado (MPE/AC). O ofício foi entregue à titular da 2ª Promotoria Criminal, promotora Joana D ́Arc Dias Martins.

Leia na íntegra a nota do Dr. Lúcio Brasil Coelho

Eu, Dr. Lúcio Brasil e o Laboratório de Análises Clinica Lúcio Brasil, prezando pela transparência e respeito com nossos amigos e clientes esclareço as informações noticiadas em jornais local no dia de hoje.

• O médico em questão não tem vínculo empregatício, nem societário com o Laboratório, ou o consultório do Dr. Lúcio Brasil, ou " Clínica Lucio Brasil", como vem sendo veiculado, cujo nome é Oral Orto Clin e presta serviços Odontologia.

• O Consultório e Laboratório são localizados na Travessa Guaporé, e são locações independentes de um conjunto de clínicas (galeria), ou seja, cada profissional que atua no endereço citado é independente e não possuem vínculos entre si.

• As instalações que são de minha responsabilidade dentro do ambiente é apenas o consultório odontológico e o Laboratório de Análises Clínicas, que na data de o tem passou o dia em mudança.

• O Laboratório está realizando a mudança para o mesmo endereço, não tem relação com o espaço onde o acusado realizava os procedimentos e o espaço não é compartilhado entre os profissionais locatários.

. Eu, Dr. Lúcio Brasil sou o inquilino mais antigo do espaço, tendo meu nome vinculado erroneamente como proprietário do espaço, porém o espaço é parte de um conglomerado de galerias naquela região e o proprietário, bem como eu, Dr. Lúcio não temos obrigação de fiscalizar os demais profissionais que atuam no espaço.

Cabe ao conselho de classe realizar o mesmo.

• Eu, Lúcio, atuo há mais de 30 anos e sempre prezei pela legalidade e respeito com a saúde e bem estar de todos os clientes e amigos, estou à disposição para quaisquer esclarecimentos e contribuir para as investigações.

Por fim, gostaria de solicitar que todos aqueles que vincularam o meu nome à esse caso @crmacre @contilnetnoticias @ac24horas @noticiasdahoraoficial) realize uma retratação, em respeito a mim, a minha família e todos aqueles que estão vinculados ao nosso Consultório e Laboratório.

Iremos tomar todas as medidas cabíveis diante destes fatos.