Falso médico preso no momento em que realizava cirurgia é investigado desde 2020

Falso médico preso no momento em que realizava cirurgia é investigado desde 2020

Cirurgião plástico! Era assim que Mizael Ribeiro Saboia se apresentava para mulheres que na sua grande maioria o procuravam em busca de procedimentos cirúrgicos para fins estéticos. Saboia foi preso na noite de ontem, quinta-feira, 13, por policiais Civis no momento em que realizava mais uma cirurgia em uma nova vítima.

Mesmo formado em instituição de ensino superior do exterior, Mizael Saboia não possuía revalidação de seu diploma e por conta disso não possui registro no Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM/AC) e muito menos na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e por conta disso exercia a profissão de forma ilegal.

No dia 30 de abril de 2020, após receber denuncia de uma paciente do falso médico, o CRM formalizou uma denuncia na Delegacia da 1ª Regional de Rio Branco que passou a investigar o caso. A vítima foi submetida a exame de corpo de delito que constatou as lesões em decorrência de procedimento cirúrgico inapropriados praticados pelo falso médico.

Após minuciosa investigação, a Polícia Civil flagrou na noite desta quinta-feira, 13, Mizael Saboia realizando mais um procedimento cirúrgico. O falso médico foi preso em flagrante por exercício ilegal da profissão e levado para a Delegacia Central de Flagrantes (Defla) para os procedimentos legais.