Mulher do crime se passa por Fernanda Hassem e tenta aplicar golpe do PIX em atendente de lotérica

Mulher do crime se passa por Fernanda Hassem e tenta aplicar golpe do PIX em atendente de lotérica

Os criminosos cibernéticos não têm limites. A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem (PT) teve o nome usado pelos bandidos para aplicar golpes. Uma funcionária de uma lotérica, de Epitaciolândia, afirma ter recebido a ligação de uma mulher se passando por Hassem.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Epitaciolândia. Segundo a denúncia, a criminosa queria que a atendente fizesse pagamentos de boletos, sob a garantia de transferência de PIX. O número utilizado pela criminosa cibernética era o seguinte: (68) 9933-1233.

Segundo o jornal O Alto Acre, “o fato não foi concretizado pela atendente, uma vez que esse tipo de transação seria necessário a presença do titular na casa lotérica. Após a negativa da atendente, a pessoa desligou e a bloqueou”.