Após suposta perseguição a servidores, Gladson muda comando da UPA da Sobral

Após suposta perseguição a servidores, Gladson muda comando da UPA da Sobral

A gerência geral da UPA Franco Silva, que fica na Baixada da Sobral, foi alterada pelo governador Gladson Cameli. A decisão está publicada no Diário Oficial, edição desta quinta-feira, dia 27. Sai Michela Lemos, e entra Simone Prado. A medida ocorre após a então gestora ser denunciada por suposta perseguição a servidores.

Simone Prado já havia comandado unidades de saúde: passou pela UPA da Cidade do Povo e depois assumiu, em definitivo, a coordenação da UPA Via Verde, no 2º Distrito, ainda no governo de Tião Viana (PT), encerrado em 2018. Desde 2019, auxiliava o governo Cameli em outros setores.

A escolha da nova gerente foi feita pela secretária Paula Mariano em conjunto com o governador Gladson Cameli, e leva em conta a experiência de Prado para coordenar a unidade de saúde na tentativa de melhorar o fluxo de atendimento e corrigir problemas de gestão criados por Michela Lemos. Prado começa a trabalhar ainda nesta quinta.