Bittar rebate JV e afirma que fará de tudo para que a esquerda não volte a governar o Acre

Bittar rebate JV e afirma que fará de tudo para que a esquerda não volte a governar o Acre

O senador licenciado, Márcio Bittar (União Brasil), usou as redes sociais na manhã desta quarta-feira, 22, para rebater os comentários realizados pelo ex-governador e ex-senador, Jorge Viana, acerca do encontro de Bittar com o presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Na publicação, o petista comentou a notícia veiculada pelo Notícias da Hora acerca do parlamentar que recebeu do presidente da república o aval para caminhar com todos os que desejam o melhor para o Acre, aumentando as especulações acerca do desembarque do governo Gladson Cameli.

Em tom de rebate ao petista, Bittar afirmou que Jorge é que busca construir um acordo com a família Cameli para garantir a sua eleição ao Estado.

"Jorge, quem teve o apoio em praticamente todas as eleições para o governo do Estado, da família Cameli foram vocês do PT e você não reconhece isso. Aliás, você teve apoio de parte da família Pascoal e nunca reconheceu”, afirmou.

“Aliás, acho que pode estar querendo construir um outro acordo com a família Cameli para garantir sua eleição. Em 2018, eu tive apoio da Mara, que é pré-candidato ao Governo, do Petecão que também é pré-candidato ao Governo e do atual governador, que hoje é pré-candidato a reeleição e de forma transparente, eu vou ter que me posicionar, mas pode ter certeza, que eu farei de tudo para que o Acre não volte a ser governado pela esquerda”, escreveu.