Bocalom afirma que base foi construída na consciência, mas admite que vereadores têm cargos na gestão

Bocalom afirma que base foi construída na consciência, mas admite que vereadores têm cargos na gestão

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), em entrevista ao Papo Informal, do Notícias da Hora, nesta quinta-feira, 23, afirmou que a sua base na Câmara de Vereadores de Rio Branco não foi construída com cargos, mas sim na confiança dos parlamentares em sua gestão.

Na entrevista, o gestor destacou que não teve o famoso toma lá dá cá, apesar de admitir que alguns parlamentares têm cargos em sua gestão.

"Os que me criticavam antigamente são os que me criticam ainda hoje. Paguei para a empresa de ônibus vir e vou continuar pagando porque eu não quero que a empresa vá embora e deixe a população sem transporte coletivo. Eu não pago nada sem o aval da Procuradoria Jurídica da Prefeitura. Quem é oposição vai ser sempre oposição. Você pode pintar a rua de ouro e eles ainda vão dizer que tá errado. A nossa base foi construída na consciência. Cargos são coisas naturais, eu era contra negociar cargos, e a gente não fez negociata”, afirmou.