Edvaldo Magalhães sai em defesa dos aprovados no concurso do Corpo de Bombeiros e defende convocação ampla

Edvaldo Magalhães sai em defesa dos aprovados no concurso do Corpo de Bombeiros e defende convocação ampla

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) usou o tempo regimental do pequeno expediente na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para falar diretamente com os aprovados do concurso do Corpo de Bombeiros, que ocupavam a Galeria Marina Silva na manhã de hoje (22). Eles defendem a convocação de 250 candidatos para o curso de formação. O edital prevê a convocação de 153 apenas. O parlamentar disse que o governo precisa ter bom senso e economicidade.

Neste sentido, Edvaldo Magalhães disse que é preciso alterar o edital para que mais candidatos possam ser convocados neste primeiro momento. O parlamentar pontuou que as vagas em vacâncias que estão no edital foram apuradas até 2020, o que significa que já se passaram dois anos. Ou seja, há mais vagas em vacância. O deputado defendeu um novo levantamento para que possa ser ampliada a convocação.

“Toda semana, você tem bombeiros militares ou policiais militares indo para reserva remunerada. Este concurso fez um levantamento baseado nas vacâncias, que é o que estabelece a LRF, de 2020. Portanto, você tem uma folga de 2 anos dessas vacâncias. Isso, por si só, já acresce novas vagas às 153 iniciais que foram publicadas quando do edital deste concurso”, disse Edvaldo.