Novo cenário projeta Ney Amorim candidato a vice na chapa de Gladson

Novo cenário projeta Ney Amorim candidato a vice na chapa de Gladson

A poucas horas para o fechamento das convenções desta sexta-feira, 5, que definirá, principalmente, os nomes para as candidaturas majoritárias, o jogo das cadeiras na política está cada vez mais intenso.

Com o anúncio de Alan Rick, de que o seu partido, União Brasil, o liberou para ser candidato ao Senado, e de quebra, apoiar Gladson Cameli (PP) para a reeleição ao governo, o cenário agora é de que Ney Amorim, presidente da Executiva Regional do Podemos, seja o nome para compor a candidatura de vice-governador na chapa de Cameli.

Em outro flanco, está a senadora Mailza Gomes (PP) saindo também para ao Senado sob o aval do colega de partido, Gladson Cameli. Por isso, neste cenário, Ney Amorim, que é pré-candidato a deputado federal, deve aceitar o convite, já feito pelo governador, a se unir nas majoritárias, como vice na chapa da sua reeleição.

Para analistas políticos, este é o melhor dos panoramas na atual conjuntura para a reeleição do governador Gladson Cameli, uma vez que revigora a composição do atual mandatário do estado na campanha eleitoral de volta ao Palácio Rio Branco.