Prefeitura apresenta relatório de caducidade das empresas de transporte coletivo

Prefeitura apresenta relatório de caducidade das empresas de transporte coletivo

Em coletiva de imprensa, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom acabou de apresentar o relatório final que embasou o decreto de caducidade das empresas de transporte coletivo da capital.

Nós 71 volumes produzidos pelas equipes da prefeitura constam dezenas de irregularidades praticadas pelas empresas, entre as quais, falta de limpeza adequada dos carros, falta de periodicidade nos horários, estado de conservação dos ônibus, atraso de salários dos trabalhadores e falta de pagamento dos direitos trabalhistas.

WhatsApp_Image_2022-06-22_at_11.01.30.jpeg

"Estamos hoje declarando a caducidade dos contratos com as empresas de transporte coletivo, ou seja, estamos cancelando esses contratos e no prazo de 40 dias estaremos abrindo um processo licitatório para o serviço de transporte público. Não queremos mais um serviço cheio de falhas, queremos um serviço de qualidade", enfatizou Bocalom.

A expectativa é de que no máximo seis meses o processo licitatório seja concluído e a empresa, ou empresas, vencedoras sejam contratadas.

WhatsApp_Image_2022-06-22_at_11.01.28.jpeg